Reflexão 13

A espera
nem sempre é tempo vazio
pois permite a abstracção
a deixar entrar em nós
o cantar dos passarinhos
sem ter qualquer tradução.

As aves, cheias de vida
num bater de asas ao vento
fazem danças rituais
num desejo permanente
de nunca haver desalento.

                                                   mjalmeyda

Sobre mjalmeyda

Autora e divulgadora do Projecto Cultural 'Poemas do País da Vida'.
Esta entrada foi publicada em Partilha. ligação permanente.

3 respostas a Reflexão 13

  1. Marta Machuqueiro diz:

    A espera para mim é muitas vezes tempo de absorção. Em qualquer uma dessas alturas até o barulho do silêncio sabe bem.
    Beijinhos Maria José

  2. Maria José diz:

    E, se esse desejo das aves,
    for por nós,absorvido,
    nem sequer, nos apercebemos,
    duma espera termos vivido.
    Beijo

    • mjalmeyda diz:

      A Vida é uma escola na qual, simultaneamente, somos alunos e mestres de nós próprios, com a vantagem de não haver encarregados de educação.
      M.J.Almeyda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s