Reflexão 7

Por vezes, não é o semear
que é o mais importante;
 
o mais importante… é preparar a terra para receber a semente.

mjalmeyda

Sobre mjalmeyda

Autora e divulgadora do Projecto Cultural 'Poemas do País da Vida'.
Esta entrada foi publicada em Partilha. ligação permanente.

4 respostas a Reflexão 7

  1. Maria José diz:

    De facto de que servirão ” boas sementes”, lançadas em terra pejada de tojos?
    Beijinhos

    • mjalmeyda diz:

      Esta visão, que à primeira vista pode ser simplista, porque directa, tem o seu quê que dá para pensar.

      Partilhas deste género, encentivam o factor da descoberta, a realizar o “ser Pessoa”.
      É por isso que este “espaço” pertence a todos nós, e nos permite o comungar da união.

      Obrigada, Maria josé,
      mjalmeyda

  2. As palavras são sábias.
    Beijinhos Maria José

    • mjalmeyda diz:

      Depois de concordar consigo, posso acresecentar, ainda, que a experiência própria faz-nos ver que, tudo o que está nas entrelinhas, é escola permanente que não precisa de edifício físico, porque faz parte duma ciência que está dentro de nós.

      O melhor para si,
      mjalmeyda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s