Constatação

O amor é fácil de cantar

mas nem sempre de acontecer.

                                                      mjalmeyda

Sobre mjalmeyda

Autora e divulgadora do Projecto Cultural 'Poemas do País da Vida'.
Esta entrada foi publicada em Partilha. ligação permanente.

6 respostas a Constatação

  1. O amor é traiçoeiro.
    O amor é trapaceiro.
    Engana o amado,
    E finge-se acabado.

    O amor é lindo,
    É apaixonado,
    Quando verdadeiro,
    Enaltece o amado.

    Uma excelente semana Maria José.

    • mjalmeyda diz:

      Depois de reflectir sobre o poema que apresenta, surgiu-me uma “subtil” dúvida:

      Será que a palavra “amor” pode ter características próprias ou teremos que as imputar ao ser Humano, uma vez que só ele pode gerar sentimentos?

      Tenho muita pena desta “palavra” que é tão bela, não por aquilo que é, pois é só uma palavra, mas pelo que representa.

      Para nós as duas, um forte desejo de fazer gerar um amor que construa felicidade para todos aqueles que estão à nossa volta.

      mjalmeyda

    • João Cardoso diz:

      ÁGAPE

      O Amor é o Dom Supremo
      
      1. Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa, ou como címbalo que retine.
      2. Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tivesse tamanha fé ao ponto de transportar montes, se não tiver amor nada serei.
      3. E ainda que distribua todos os meus bens entre os pobres, e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará.
      4. O amor é paciente, é benigno, o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece,
      5. não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal;
      6. não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade;
      7. tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
      8.O amor jamais acaba; mas havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará;
      9.porque em parte conhecemos em parte profetizamos.
      10. Quando, porém, vier o que é perfeito, então o que é em parte será aniquilado.
      11.Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, pensava como menino; quando cheguei a ser homem desisti das coisas próprias de menino.
      12.Porque agora nós vemos como em espelho, obscuramente, então nós veremos face a face; agora conheço em parte, então conhecerei como também sou conhecido.
      13. Agora, pois, permanece, a fé, a esperança, e o amor, estes três: porém o maior destes é o Amor.

      I Coríntios 13 – Novo Testamento

  2. Maria José diz:

    E, esse acontecer, só surge quando há doação verdadeira e só assim o cante será melodia doce, para os ouvidos e corações. Beijinhos e boa semana

    • mjalmeyda diz:

      Não há dúvida que o amor é “doação verdadeira” e aqui o canto é “melodia doce” em todos os aspectos.

      Há tanta riqueza de sentir à nossa volta que não chega uma vida para viver tudo isto e ainda o que estará mais à frente.

      Tudo do melhor para si.

      mjalmeyda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s