Construindo o Universal – dia da Mulher

Saber amar a Vida
sem quimera
é trazer em nossos braços
a Verdade;
é plantar no matagal
nossas flores
para poder olhar
um outro “olhar”
sem o julgar.

Saber amar a Vida
é discernir
no momento mais exacto
da questão;
é saber ser companhia
de nós próprios
quando a alma tem essência
do “sentir” em multidão.

Saber amar a Vida
é infinito…
porque a Vida é perpétuo
movimento
num bater constante
à nossa porta
feito certeza
que atrás, ela não volta.

MJAlmeida

Sobre mjalmeyda

Autora e divulgadora do Projecto Cultural 'Poemas do País da Vida'.
Esta entrada foi publicada em Partilha. ligação permanente.

2 respostas a Construindo o Universal – dia da Mulher

  1. Marta Machuqueiro diz:

    E faz-nos tanta falta saber amar esta nossa vida!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s