Longe do Olhar

No Mundo em que vivemos
para além das águas que brotam
da terra, do mar e do céu
há também as lágrimas
que a alma chora
num silêncio que ninguém vê
que ninguém ouve
que ninguém crê.

MJAlmeyda

Sobre mjalmeyda

Autora e divulgadora do Projecto Cultural 'Poemas do País da Vida'.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

4 respostas a Longe do Olhar

  1. mjalmeyda diz:

    Prendi-me aos últimos versos porque, sem ninguém
    se aperceber, a Vida também é isto.

    Obrigada Susana.
    MJA

  2. Susana diz:

    Há lágrimas choradas,
    Rolando em felicidade,
    Não são, apenas, água…
    São sublimação de um ser
    Que pertence à terra, ao mar e ao céu,
    Que no silêncio crê,
    No silêncio ouve,
    E no silêncio cresce.

  3. A solidão que nos assola e o medo que nos domina!
    A depressão que nos confessa ter por dia!
    Beijinhos

    • mjalmeyda diz:

      Ainda temos muito para aprender, dentro de nós.
      Ser Pessoa não é um caminho fácil. Mas, se o fosse, que valor teria ela?

      Prefiro esta vertente, que faz acreditar num porvir que dará o verdadeiro significado a tudo.

      O melhor para si,

      MJA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s